Metodista, Unila E Ifac Têm Vagas De Especialização E Mestrado

Como Aproveitar Melhor A Relação Com O Teu Orientador Na Pós-graduação

A professora Sílvia Tatiana Maurer Lane tem uma trajetória de existência profissional, no campo da Psicologia Social, que faz dela uma das mais consideráveis influências no desenvolvimento de um novo projeto para a Psicologia: o projeto do compromisso social. Seu serviço, a todo o momento aliado ao de algumas pessoas, produziu novos caminhos para a Psicologia. Sua elaboração teórica permitiu a construção de algumas experctativas no campo da Psicologia Social, sendo responsável pelo desenvolvimento da visão sócio-histórica na Psicologia Social no Brasil. Suas idéias sobre a prática permitiram a construção da Psicologia Social Comunitária. Preparação Pra Auditor Da Receita Entra Na Reta Desfecho O Dia interesse na América Latina montou intercâmbios e trocas, fortalecendo o diálogo no campo da Psicologia entre profissionais nesse continente.

Seus princípios permitiram suporte pela construção de um novo projeto de Psicologia. Pesquisa Amplia Escala De Produção Biotecnológica Do Xilitol foi guiada pelo início de que o entendimento produzido deveria sempre ser proveitoso para a transformação da realidade na direção da fabricação de condições dignas de vida pra todos. O entendimento e a profissão deveriam estar a serviço da transformação e, com essas idéias, Sílvia Lane contribuiu para uma revolução pela Psicologia. A princípio vamos retomar a história de Sílvia Lane e da Psicologia Social ressaltando a contribuição de Sílvia Lane a partir de teu trabalho pela PUC-SP. Posteriormente vamos enfatizar o desenvolvimento da Psicologia Social Sócio-histórica no Brasil e a seriedade e papel de Sílvia Lane nesta construção.

Advertisement

E apesar de tudo traremos a idéia de uma Psicologia ligada ao assunto social como tua ajuda a um novo projeto de Psicologia, como ciência e profissão. Em todos esses momentos enfatizaremos os estilos que, a nosso acompanhar, são fundamento da idéia de tratado social da Psicologia. Sílvia Lane formou-se em 1956 em Filosofia na Instituição de São Paulo (USP) e começou sua carreira profissional no Conselho Regional de Procura Educacional, conectado ao Ministério da Educação, o qual tinha como finalidade reformular o ensino no Brasil.

Sílvia Lane manteve-se no Conselho até 1960. Em 1965, convidada pela Profa. Maria do Carmo Guedes, passou a ministrar aulas no curso de Psicologia da Escola de Filosofia, Ciências e Letras São Bento da Pontifícia Escola Católica de São Paulo, onde bem como trabalhava Aniela Ginsberg. É por esse espaço da PUC-SP que Sílvia Lane desenvolveu toda sua carreira de professora de Psicologia Social.

Inicialmente, ligada ao Laboratório de Psicologia Experimental, começou a fazer tuas pesquisas em Psicologia Social. Defendeu teu doutorado em 1970 na própria PUC-SP realizando busca sobre o diferencial semântico de Charles Osgood com o título “ Significado psicológico de frases em diferentes grupos socio-culturais” . Joel Martins provocou Sílvia, investigando que ela trabalhara pela pesquisa com Osgood no entanto estava “namorand” Skinner. Polônia Usará Educação Para Salvar Mercado De Serviço , apesar de utilizar a escala de diferencial semântico, por considerá-la instrumento preciso, não aceitava a suposição de resíduo de Osgood.

  1. KERÉNYI, Karl. Os Deuses Gregos/Os Heróis Gregos, SP, Cultrix, 1994
  2. 9502 (São Francisco/São Geraldo),
  3. Faculdade de Coimbra
  4. Fotocopia autenticada do Histórico Escolar de Graduação
  5. quatro Legislação 4.1 Histórico
  6. vinte - Indício de manipulação pela imagem do “Jogo dos 7 Erros”
  7. quatro Programas de Pós-Graduação 4.Um Stricto sensu

Sílvia nunca se ponderou skinneriana, todavia a materialidade daquela hipótese a atraía muito, e facilitou-lhe o conhecimento da Psicologia Social soviética. No conclusão dos anos sessenta e começo dos anos 70, a PUC-SP e o Instituto de Psicologia, onde Sílvia Lane era professora, passaram por grandes alterações. Foram momentos essenciais de mobilização universitária em benefício da reforma e da inovação do ensino superior. Em 1971, foi formada a universidade de Psicologia da PUC-SP, pela fusão da Escola São Bento e do Sedes Sapientiae. Tornou-se a primeira diretora do curso de Psicologia recém desenvolvido. Tinha nas mãos o estímulo de fazer um novo curso de Psicologia e a Profa.

Advertisement

Sílvia Lane aceitou o desafio. A Vida Com Um Novo Sabor estrutura e organização da Psicologia da PUC-SP tornar-se-iam referência para os cursos no Brasil. A proposta era de surgir a uma revisão crítica dos conceitos. Sílvia Lane entendia que era preciso passar a idéia e o vício de fazer da realidade um modelo dos conceitos teóricos. Ter a realidade material como indicador era quase uma obsessão pra Sílvia Lane, que considerava vital tomá-la como fonte pra produção da ciência.

A realidade deveria ser critério pra análise da importância e fidedignidade de fatos que as pesquisas produziam e não o inverso. Essa amargura traduziu-se em apresentação metodológica, dado que o objetivo era fornecer entendimento que possibilitasse uma clareza da realidade que implicasse, obrigatoriamente, sua transformação. Sílvia Lane foi incansável pela elaboração teórica e de busca com este norte: discernimento científico como práxis, unidade entre saber e fazer.

Share This Story