Construção Civil Fecha 2018 Em Queda O Dia

Construção Civil Em Minas Gerais Dá Sinais De Evolução

São Paulo, 2 - A Liga Brasileira da Indústria de Café (Abic) realizou pela segunda-feira, 1º de outubro, Dia Mundial do Café, a entrega da premiação “Melhores da Propriedade 2018", no Palácio do Itamaraty, em Brasília (DF). A Abic explica em comunicado que as marcas são premiadas nas categorias gourmet, superior, habitual e extraforte, com base na avaliação do Programa de Característica do Café (PQC).

A empresa vencedora na classe Gourmet foi o Café 3 Corações, com a marca Santa Clara Espresso em Grão. Seguida pela Baggio Coffees, com a marca Baggio Espresso Bourbom Grão Gourmet. Em terceiro ambiente ficou o café Prima Qualitá em Grão, da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé). Na classe Superior o primeiro ambiente ficou para a Ind. e Comércio Dona Flor Ltda, com a marca Vergato em Grãos pra Espresso.

Advertisement

Em segundo recinto a organização Santana Comércio e Exportadora com a marca Ouro de Kaffa Superior Gr. E em terceiro, o Café Utam Speciale, da Café Utam. A avaliação da categoria Convencional trouxe dois produtos ganhadores da empresa Café 3 Corações. São eles o Pimpinela Convencional, que ficou com o primeiro local, e o Convencional Iguaçu, pela segunda posição. Em terceiro está o Café Excelsior, com o Excelsior à Vácuo.

Pela classe Extraforte o primeiro colocado foi a organização J.J. Mattos Ind. e Comércio de Café, com a marca Pingo Preto Extraforte. A segunda e a terceira colocação ficaram com a empresa Café Três Corações S/A, com as marcas 3 Corações Extraforte Vácuo e três Corações Extraforte Pouch, respectivamente. O programa bem como reconhece as corporações pelo teu funcionamento nos melhores da qualidade, As Barreiras Acústicas Conferem Resultados Máximos constantes em sua categoria, no período de um ano.

§ 3º No caso de caber a sucessão aos filhos, aos pais ou ao cônjuge do autor, não prevalecerá o prazo do § 1º e o certo só se extinguirá com a morte do sucessor. Parágrafo único. Conheça O Novo Perfil Do Consumidor , por esse caso, o seu justo a respeito da tua produção, e conseguirá reproduzi-la em separado.

Art. 651. O editor executa também os direitos a que se menciona o post antecedente, quando a obra for anônima ou pseudônima. Parágrafo único. Porém, por esse caso, no momento em que o autor se der a perceber, assumirá o exercício de seus direitos, sem prejuízo dos adquiridos pelo editor. Art. 652. Tem o mesmo certo de autor o tradutor de obra prontamente entregue ao domínio comum e o escritor de versões permitidas pelo autor da obra original, ou, na sua falta, por causa de seus herdeiros e sucessores.

Advertisement

No entanto o tradutor não se pode opor à nova tradução, salvo se for descomplicado reprodução da tua, ou se tal justo lhe deu o autor. Parágrafo único. Falecendo um dos colaborares sem herdeiros ou sucessores, o seu direito acresce aos sobreviventes. Art. 654. No caso do post anterior, divergindo os colaboradores, decidirá a maioria numérica, e, em ausência desta, o juiz, a requerimento de qualquer deles. § 1º Ao colaborador dissidente, entretanto, fica o justo de não cooperar pra despesas de reprodução, renunciando a sua parcela nos lucros, como esta de o de vedar que o seu nome se inscreva na obra.

Advertisement

§ 2º Cada colaborador poderá, não obstante, individualmente, sem aquiescência dos outros, defender os próprios direitos contra terceiros, que daqueles não sejam legítimos representantes. Art. 655. O autor de constituição musical, feita sobre texto poético, podes executá-la, publicá-la ou transmitir o teu certo, independente de autorização do escritor, indenizando, porém, a esse que conservará direito a reprodução do texto sem a música. 500 Milhões. Para o BTG Pactual . Aquele, que, legalmente autorizado, reproduzir obra de arte mediante método artístico diferenciado, ou pelo mesmo procedimento, havendo na constituição novidade, será quanto a cópia, considerado autor.

Parágrafo único. Goza, identicamente, dos direitos de autor, sem dependência de autorização, o que portanto reproduzir obra neste instante entregue ao domínio comum. Art. 657. Publicada e exposta à venda uma obra teatral ou musical, domina-se anuir o autor a que se represente, ou execute, onde quer que a sua audição não for retribuída. Art. 658. Aquele que, com autorização do compositor de uma obra musical, a respeito os seus motivos escrever combinações, ou variações, tem, sobre o assunto dessas, os mesmos direitos, e com as mesmas garantias, que sobre o assunto aquela o seu autor. Art. 659. A cessão, ou a herança, quer dos direitos de autor, quer da obra de arte, literatura ou ciência, não transmite o direito de modificá-la.

Share This Story

Get our newsletter